HMA | Projeto Orla Shopping
HMA | Projeto Orla Shopping

Henrique Mindlin Associados Arquitetura e Planejamento | Projeto Orla Brasília - Shopping

HMA | Projeto Orla - Shopping
HMA | Projeto Orla - Shopping

Henrique Mindlin Associados Arquitetura e Planejamento | Projeto Orla Brasília - Shopping

HMA | Projeto Orla Shopping
HMA | Projeto Orla Shopping

Henrique Mindlin Associados Arquitetura e Planejamento | Projeto Orla Brasília - Shopping

HMA | Projeto Orla Shopping
HMA | Projeto Orla Shopping

Henrique Mindlin Associados Arquitetura e Planejamento | Projeto Orla Brasília - Shopping

1/3

Shopping Center Brasília - Projeto Orla

Brasília/DF
1999
 
Projeto 

EQUIPE ARQUITETURA:

 

Henrique Mindlin Associados S/A

Arquitetura e Planejamento.

 

INFORMAÇÕES TÉCNICAS:

 

Área Total Construída: 33.629m²;

Considerando que o objetivo do Polo 3 do Projeto Orla é gerar uma das grandes concentrações de público da cidade, o tema do shopping center deve ser “animação”, enquadrando-se na categoria de “festival Center”, ao exemplo de outros  empreendimentos do gênero nas principais capitais mundiais, à margens da água. O conceito do “shopping” é de total integração com a marina e seu entorno, aproveitando a sua localização frente ao lago, junto à Praça das Artes, Concha Acústica, Museu, Escola de Artes e Pavilhão de Exposições cercado de grandes áreas verdes. O “mix” do shopping em sintonia com sua vocação “festival”, apoia-se hierarquicamente nas áreas de lazer voltadas tanto para a Praça das Artes, como para o lago na sua extremidade norte, apoiando-se, outrossim, no comércio ambulante e no comércio tradicional de moda e serviços.

O desenvolvimento do shopping segue uma estratégia operacional predeterminada, na qual os fatores primordiais são:

  • Maior integração com a beira d’água, descortinando as vistas do lago sempre que possível, e respeitando a implantação dentro do Projeto da Orla;

  • Assumir a ventilação natural nas circulações públicas, em função das características climáticas da região;

  • Dimensionar o conjunto, incluindo uma previsão para futura expansão, definido pelo máximo permitido pela legislação em vigor;

  • A resposta aos fatores condicionantes retro citados leva a um projeto em que as lojas e as circulações são públicas.